Wednesday, February 3, 2010

17 de Janeiro de 2005 #3

...e de repente, a separação destinada,
ela para um lugar rodeado de branco
e de verde, que me impedia
de chegar ao seu lado...
e eu diante de vidros
que reflectiam de uma forma baça
as minhas sensações espelhadas
na minha alma....

Aquele pequeno lugar,
gerou-se em quilometros de distância
percorridos, num silêncio mudo
acorrentando-me o coração.

17 de Janeiro de 2005 #2

O ambiente confinou-se mais,
as paredes cinzentas
oprimiam os corpos
impedindo a explosão das emoções.

O bloco metálico começou a descer.
Sentia-me a entrar nas
entranhas do desconhecido,
para um lugar para além
da ansiedade, mas para
uma expectativa pronta a detonar.

Wednesday, January 27, 2010

17 de Janeiro de 2005 #1

O silêncio invadido que
abraçava a falsa paz
é rompido abruptamente
arrematando todos como
um furacão numa tempestade.

Tá na hora!
Em fracções de segundo
a espera de horas de ansiedade
converteu-se em multiplos
fragamentos de picos de pulsações
pesadas e afogantes...

...como? já?
Os corredores que pareciam
avenidas de um navio de luxo,
afunilaram-se num estreito tunel
claustrofobico...

17 de Janeiro de 2005

A espera foi mais que longa
O sol ariava pelas janelas, como
se de um calor de aconchego fosse
à procura de uma calmaria que não havia.

Os olhares trocavam-se, escondendo
as ansiedades que cresciam
como heras imparáveis,
rastejando as entranhas da alma....

...caramba, tanto tempo!

Introdução

Estas primeiras palavras serão apenas para uma pequena
introdução neste novo lugar...

Valer a pena...existe um fado sobre este tema...e que eu
coloco quase todos os dias a questão, quando chego ao fim do dia...
valeu a pena o que vivi hoje? o que posso melhorar
para amanhã? o que deixei para trás?

Desde que tomei consciência da minha existência...
revendo o que vivi e onde vivi...posso dizer...que sim...
valeu a pena, tanto o sofrimento como o bem estar.
Mas claro, sim me perguntarem, o que mais valeu a pena...
ter vivido, ter sentido...e ainda vivo e sinto, foi o que aconteceu
no dia 17 de Janeiro de 2005....pelas 19H12....

Não assisti, porque não me deixaram...mas pude pegar.....