Wednesday, February 3, 2010

17 de Janeiro de 2005 #3

...e de repente, a separação destinada,
ela para um lugar rodeado de branco
e de verde, que me impedia
de chegar ao seu lado...
e eu diante de vidros
que reflectiam de uma forma baça
as minhas sensações espelhadas
na minha alma....

Aquele pequeno lugar,
gerou-se em quilometros de distância
percorridos, num silêncio mudo
acorrentando-me o coração.

17 de Janeiro de 2005 #2

O ambiente confinou-se mais,
as paredes cinzentas
oprimiam os corpos
impedindo a explosão das emoções.

O bloco metálico começou a descer.
Sentia-me a entrar nas
entranhas do desconhecido,
para um lugar para além
da ansiedade, mas para
uma expectativa pronta a detonar.